O casal PITT e as redes sociais

amazing-brad-and-angelina-picture-hd

 

Estava tentada a não falar do assunto, mas li tanta coisa que não consegui resistir. Por isso aqui vai:

 

Confesso que fico (mesmo) surpreendida com as reacções das pessoas sobre a separação do casal Pitt, e principalmente sobre os comentários e reacções (exacerbados) sobre a vida intima de alguém que NÃO conhecem, mas pelos vistos mais de meio mundo está cheio de certezas.

 

1º Temos a versão #teamaniston que acham que o Karma é lixado. Ele existe e deu provas disso. Roubaste o marido à outra, e finalmente existe justiça divina!! “Ah pois! Cá as fazes, cá as pagas!!”

 

2º Depois existem as que acreditam que depois deste divórcio é certo e sabido que o amor não existe. Afinal era tudo perfeito, desde as crianças, ás casas, carros, vestidos, e todas as poses cuidadosamente estudadas para as câmaras. Ainda por cima eram bonitos, geneticamente abençoados. Esquece, o amor não existe e isso abrange as suas próprias relações e as dos outros todos também. Um tragédia que Walt Disney tanto tentou contrariar com o “Felizes para sempre”, sendo o sempre tempo demais.

 

3º Também adoro a versão “dor de corno” de que afinal a Angelina é uma farsa. É um mulher dentro da média podemos considerar até nada de “especial”, só atingiu este patamar de beleza graças a inúmeros retoques estéticos. Nada normal na industria de Hollywood em 99,99% dos casos… Ah também vi escrito uma critica aos pés que são enormes!! Um horror!

 

4º Angelina who?? O que interessa é que ele está solteiro. E o destino, que prega partidas, quem sabe se não vem morar para Lisboa ao lado da Mónica. Com sorte descobre-me na padaria do bairro.

 

5º Ahhhhhhhh Afinal havia outra e até dizem que está grávida dele. Realmente os homens são todos iguais!!! Mas de qualquer forma vamos compará-las (as mulheres adoram esta parte), qual a mais gira, inteligente, generosa, historial emocional, familiar, e claro descendência … etc, etc, etc.

 

6º Depois há uma minoria. Que acredita que não há perfeição. Que as relações são difíceis e que existem bons e maus momentos. Inevitavelmente e infelizmente separações por motivos que só os próprios sabem e a quem realmente interessa. Que a vida é assim. Com dores e delicias, encontros e desencontros. E agora que tentem fazer o que é melhor para ambos e para as suas crianças. Para o mundo social também ter paz.

 

Eu, que não sou de cá, não tenho opinião sobre a vida do casal.

 

Já me dizem há muito… entre marido e mulher não se mete a colher, ou quem está no convento é que sabe o que lhe vai dentro!! ahahhahahahahhah

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.