Pau Brasil /Fashion Label recebe novas marcas, no Príncipe Real.

A Casa Pau-Brasil, recebeu uma iniciativa inédita em Portugal, promovida pelo Fashion Label Brasil, programa de exportação de moda brasileira criado há 10 anos pela ABEST (Associação de Estilistas Brasileiros) em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).

Aroximadamente entre 2 meses , a Casa Pau-Brasil terá uma pop-up store única onde 10 marcas brasileiras de moda apresentam as suas coleções.

“Queremos ser a Casa que apresenta e representa o que de melhor se faz no Brasil. De um Brasil brasileiro, de vocação global e ambição internacional” conta Rui Gomes Araújo, da Casa Pau-Brasil.

Do Brasil desembarcam em Lisboa, as marcas Cabana, Catarina Mina, Cecilia Prado, Denise Gerassi, Isolda, Lilly Sarti, Martha Medeiros, SERPUI , UMA | Raquel Davidowicz e Veja.

“Apesar de Portugal ser o segundo destino de exportações do programa Fashion Label Brasil, os produtos brasileiros exportados eram maioritariamente do segmento de moda praia. A parceria com a Casa Pau-Brasil tem como objetivo ampliar a participação de produtos brasileiros para o país, bem como apresentar novas marcas aos consumidores portugueses”, diz Paulo Lourenço Bartholomei, presidente da ABEST.

Para o momento do lançamento, a Casa Pau-Brasil convidou, para uma intervenção no Palácio Castilho, a artista Joana Astolfi que criou uma instalação inspirada nas ocas (típica habitação indígena brasileira).

Apesar do palacete tipicamente Lisboeta, o espaço inevitavelmente tem as referências sensoriais do “país irmão”. As cores que explodem, os cheiros do cacau à madeira, transportam – nos para uma vertente multi-cultural que é tão evidente no Brasil, e agora da nossa cidade.

Aqui temos uma rota diferente, que vale a pena explorar, em versão pop up até dia 12 de Novembro.

Imagens de Carolina Pimenta

Agora sobre as 10 marcas que podemos encontrar, aqui ficam as apresentações “oficiais” e em português do Brasil. 😉

 

CABANA

“Criada por Manuela Rodrigues, em 2014, a marca está à venda no seu atelier em São Paulo e na loja online. A sua missão é: “Olhar para o mundo como fonte de inspiração. Resgatar a essência no fazer descomplicado e na elegância dos elementos naturais.”

CATARINA MINA

“Marca da designer Celina Hissa teve início em 2005, baseada na combinação do design e do artesanato brasileiro do Ceará. Optou em 2015, por seguir um caminho diferente: menos esforço financeiro investido na exposição da marca e mais dedicação a quem realmente faz a Catarina Mina. A campanha #umaconversasincera foi lançada e a marca assume-se como a primeira marca brasileira a abrir completamente os custos de produção dos seus produtos.”

 

CECÍLIA PRADO

“Cecilia Prado é uma estilista mineira reconhecida pela excelência no Brasil e no mundo pelas peças em tricô. Combinações de fios, cores e texturas aliados a um estilo moderno são os aspetos marcantes de Cecilia Prado. As coleções podem ser encontradas em lojas de departamento e multimarcas em 23 países, além de duas lojas próprias em São Paulo, nos shoppings JK Iguatemi e Pátio Higienópolis.”

DENISE GERASSI

“Marca lançada no verão de 2015 com produtos minimalistas, baseada no consumo consciente e com apreço à brasilidade. A primeira coleção foi baseada na Lenda da Vitória Régia usando couro de pirarucu, sementes de Jarina e tricô de pele de cabra.”


ISOLDA

“A ISOLDA é uma marca que nasceu inspirada por uma das mais lindas histórias de amor. Juju e Maya Pope estão à frente da marca. Elas cresceram juntas, cercadas pela natureza do Horto Florestal, um bairro em Salvador, na Bahia, e passaram a infância a conviver com pássaros e macacos entre árvores de caju, manga e goiaba, o que as influencia até hoje.”

LILLY SARTI

“Fundada pelas irmãs paulistas Renata e Lilly Sarti, em 2006, a marca atraiu a atenção de Donata Meirelles logo que foi lançada no seu primeiro desfile para convidados. O estilo caracteriza-se poro ser boho chic, com influência dos anos 70 e toque de “it girls” e “jet setters”.”

 

 

MARTHA MEDEIROS

“Há mais de 25 anos no mercado da moda, Martha Medeiros é proprietária da boutique multimarca Maison M em Maceió. O nascimento de sua marca própria seguiu um percurso natural, pois a pedido de várias clientes começou a criar algumas peças para ocasiões especiais. Em 2004, a marca Martha Medeiros ganhou um corner na sua loja. Em 2008, inaugurou a sua primeira boutique na capital paulista, no bairro dos Jardins. Martha Medeiros insere o trabalho handmade com extrema sofisticação no mercado de moda internacional e resgata o valor da renda brasileira, com uma linguagem contemporânea.”

 

SERPUI

“A marca de acessórios SERPUI teve início na década de 1980. Os bijoux em prata, gemas brasileiras diferenciadas e madeiras foram o sucesso inicial. Os sapatos vieram na sequência, mas o grande salto, inclusive para as exportações, veio a acontecer com as carteiras. Tingimentos e estampagens especiais, couro e acabamentos de qualidade notabilizaram o trabalho da Serpui. Assim como o uso de materiais até então inéditos, bem brasileiros, como o buriti, a mamona, a bananeira, combinados com o humor e brilho de canutilhos e pailletes.”

UMA | Raquel Davidowicz
“Lançada em 1995 pelo casal Raquel e Roberto Davidowicz. Raquel é a estilista e a responsável pelas criações exclusivas. Roberto é o responsável por toda operação, desde a parte financeira às vendas. Sempre ligados à arte, design e arquitetura, mantiveram o seu DNA durante estes 20 anos. Coleções intemporais, sofisticadas, com design minimalista onde a cultura encontra a moda, de uma forma espontânea, atraindo mulheres e homens contemporâneos.”

VEJA

“Marca dos franceses e amigos de infância François-Ghislain Morillion e Sébastien Kopp. Todas as solas dos ténis VEJA são em algodão agroecológico do Nordeste brasileiro. Como modelo de negócio, a VEJA paga um preço acima do mercado aos agricultores, seguindo as regras do mercado justo. Os primeiros ténis VEJA foram apresentados na semana de moda de Paris, em 2004, e foram encomendados pelas Galeries Laffayette, Le Bon Marché, Collete e pela japonesa Isetan. O lançamento aconteceu em 2005, no Palais de Tokyo, para editores de moda e fashionistas.”

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>