Moda Lisboa LUZ

Terminou mais uma Moda Lisboa.

Sempre estive emocionalmente ligada a esta semana da moda, quer quando fui repórter oficial, quer quando fui apenas uma espectadora, atenta.

Nunca é demais destacar o que se faz em Portugal em prol dos processos criativos, dos criadores e de uma industria que enriquece o nosso brio e bem estar colectivo.

Agora que acabou, está na hora de dar os parabéns a todos, todos sem excepção. Pela vossa entrega e voluntariedade, e por acreditarem e executarem este certame.

Gostaria de enaltecer o espaço onde decorreu, pois adorei as condições, bem como toda a envolvência, tão próxima do coração da nossa cidade. Sem desfazer nenhum dos criadores, que repito estarem todos de parabéns, queria apenas fazer uma nota para um momento que me tocou particularmente. A vertente cénica do desfile Nuno Gama. As simbologias tão nossas, tão Portuguesas, sublimadas e actualizadas. E o trinar daquela guitarra, como simbologia da alma dum povo.

Nestas alturas parece que faz, ainda mais, sentido, algo que nos toca a todos.


Aqui ficam os meus destaques pessoais:


  • SS 18

 

 


SS 18


SS 18


SS 18


SS 18


SS 18


SS 18


SS 18


SS 18


SS 18


SS 18


SS 18


SS 18


SS 18

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>