Afinal, que mochilas são estas?

O eterno problema do peso absurdo que as crianças levam às costas quando vão para a escola. Foi exatamente a pensar nisso que surgiram as Fjällräven Kanken em 1978. A sua forma rectangular distribui de forma perfeita o peso nas costas, acabando com o uso da mala a tiracolo (que se usava bastante na altura). Não demorou muito para que os adultos se rendessem também a estas mochilas.

Åke Nordin deu o nome de Fjällräven às mochilas, que significa raposa ártica em sueco.
Como se encontram em extinção, resultado do aquecimento global, Åke decidiu também apoiar um programa de conservação de habitats. Os resultados são incríveis – em 50 anos, a população destas raposas aumentou para mais de 200.
Resiliência e “engenhosidade” são característicos destes animais, bem como destas mochilas. São praticas, impermeáveis e capazes de guardar muito mais do que parece!

Hoje, 40 anos depois, além de ter endireitado milhares de costas em todo o mundo, a marca é reconhecida pela sustentabilidade e preocupação com o mundo animal.
Existem em todas as cores e com tamanhos diferentes. Crianças e adultos aderiram em massa a esta tendência que, pelo que se vê, vale a pena 🙂

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.