PERFIL | Anna Karina

Hanna Karin Blarke Bayer
77 anos
Atriz
Dinamarquesa

Começou a carreira como modelo. Previsível. Porquê? Por isto:

Depois conheceu Jean-Luc Godard (com quem se casou anos mais tarde) e foi aí que invadiu o cinema. Durante o período áureo da carreira de Godard, Anna Karina era tudo: sua musa, atriz de eleição e mulher, bem como uma das maiores beldades dos ecrãs e símbolo da nova era do cinema francês.
Karina é atitude. Aquela francesa sem vergonha, sem pudor, independente e senhora de si. A beleza só veio ajudar.

Como com a maior parte das figuras publicas, vieram os escândalos. De abusos por parte de Godard, principalmente. E Karina continuou. Divorciou-se, voltou a casar, divorciou-se novamente e… voltou a casar.

Karina não precisou de Godard para se tornar numa figura incontornável. Depois de “Une femme est une femme”, em 61, o caminho estava feito. Até 2008, somou filmes e séries.
Godard disse: “É difícil encontrar-se uma mulher que mate um homem e saia a cantar”. Essa personalidade de Karina ofereceu-lhe o título de estrela, sendo considerada uma espécie de Audrey Hepburn do cinema francês.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.