Fotografias que captam a diferença

“O que vê nestas imagens, é uma mudança na sociedade.”

Chamemos-lhe uma chamada de atenção. As pessoas destas fotografias enfrentam discriminação, violência ou desvalorização social. São da Coreia do Sul, onde prevalecem atitudes conservadoras em relação a género e sexualidade. Imagens que contêm em si uma declaração de resistência.

 

Estamos aqui e não vamos a lado nenhum.

Diz Sargent, curador da exposição que alberga estas fotografias, intitulada “A maneira como vivemos agora”, cujas imagens documentam as mudanças nas atitudes sociais e as batalhas sobrepostas sobre as verdades pelas quais vivemos neste momento.

sexismo e diferença de género

sexismo e diferença de género

O mundo vê-se envolvido em conflitos de desigualdade, política reaccionária de direita e crescente nacionalismo. Esta exposição pretende espelhar uma geração crescente que resiste. Mais de mil inscrições recebidas após uma chamada aberta dos organizadores do Aperture, a exposição inclui fotógrafos de todo o mundo, abordando questões que se cruzam, incluindo raça, sexualidade, saúde mental, opressão e resistência.

sexismo e diferença de género

sexismo e diferença de género

Como muitos dos fotógrafos da exposição perguntam, mais ou menos directamente, quais são as verdades do passado que guardamos e quais as que deitamos fora?

sexismo e diferença de género

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.